Analytics
Beauty Airlines Menu

Travel

Permalink:

I wish… Gita, a mala que anda sozinha

 

Olá, chamo-me Gita e sou uma mala que anda sozinha. Isto era o que diria este pequeno robot azul se pudesse apresentar-se. Calma, eu passo a explicar. Mais conhecido pelas motos Vespa, o grupo Piaggio apresentou recentemente os primeiros produtos fruto do seu centro americano para o desenvolvimento da mobilidade inteligente, o Piaggio Fast Forward. A Gita é um deles.

De aspecto simples, entre as suas habilidades ela consegue carregar cerca de 18 kg e segue-nos até aos 35 km/h. Ou seja, podemos ir até de bicicleta que ela anda ao mesmo ritmo. Ah, e se a deixarmos sozinha também não se perde! Resumidamente, tudo aquilo que me daria jeito nas dezenas de viagens (e quilos de bagagem) que acumulo por ano.

Piaggio, quando houver preço e data de lançamento avisem! Quero tirar senha 😉

 

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Jamsu: o novo truque de maquilhagem coreano (e é grátis)

jamsu Vogue China Junho 2014. Créditos de Ben Hassett

Vai um balde de água fria? Créditos: Vogue China Junho 2014, fotografia de Ben Hassett.

Aproxime uma travessa com água de uma mulher maquilhada e é vê-la a correr pela porta fora. Não se estivermos na Coreia. Jamsu significa mergulhar em coreano e é o novo truque para uma maquilhagem de longa duração. Basta juntar uma boa base, cobrir o rosto com pó de talco e – não, não acertou no que vem a seguir – submergir a cara durante uns 15 a 30 segundos num balde de água fria. Seque suavemente com uma toalha e… já está. Que é como quem diz, comecem as hostilidades: iluminadores, sombras de olhos, máscara de pestanas, batom…

Supostamente, funciona como quando fazemos um bolo e ‘forramos’ o recipiente com manteiga e farinha. Algumas das youtubers que já experimentaram o jamsu ficaram super satisfeitas com os resultados. Houve quem proclamasse 10 horas de maquilhagem impecável e quem já tenha substituído o pó de talco por pó translúcido e garanta ainda mais flawless. Rápido, fácil e de certeza mais económico que os sprays e pós fixantes que o mercado nos habituou. Ah, e oil-free!

Confesso que ainda não pus as mãos na massa, mas esta jornalista da Vogue diz que ficou com pele de bebé. E isso – juntamente com qualquer beauty hack vindo da Coreia – soa sempre bem. 😉

P.s.- Já conhecem esta outra tendência coreana? Pista: são unhas…

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

For english click below

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

SPA’s na minha Wish List

 

Eu podia fazer uma ou duas massagens todas as semanas e passar um ou dois fins de semana por mês em hotéis com SPA. Mas não faço nem passo. E PORQUÊ???? Perguntam vocês e com razão.

Bom, tirando a velha máxima do “Casa de Ferreiro, espeto de Pau”, a purinha das verdades é que, as minhas lindas páginas de Beleza na Vogue, os meus posts-não-tão-frequentes-como-desejaria tanto no site da Vogue como aqui no Beauty Airlines, além do tempo que passo em eventos e em viagem (claro, tirando o pequeno pormenor de ter uma família a quem sinto que estou sempre a “dever” tempo e “estar”), não me permitem fazer a vida de Hollywood housewife, que tantos acham que eu tenho.

A verdade é que até tenho mas condensada, por exemplo: depois de uma luxuosa viagem de 2 dias a Paris (em que me deitei às 03 da manhã para fazer mala e às 05 para ir para o aeroporto), regresso a casa de alma lavada e inspirada mas, muitas vezes (a maioria), chego a casa para já não ver a minha filha acordada e ainda vou fazer máquinas de roupa ou estendê-la no estendal à meia-noite para… no dia seguinte estar fresca e airosa em mais um importante evento em Lisboa onde tenho de entrevistar, por exemplo, um especialista em perfumes para depois seguir para a redacção pegar nas pontas soltas das páginas que já gritam por mim na gráfica.

Nota importante: isto não é um queixume, é só uma constatação de facto sendo que tenho a perfeita noção que a maioria das pessoas nem a um spa por ano vão quanto mais deixar caducar os vouchers na gaveta. Eu sei. Sei e valorizo e agradeço a sorte de poder estar sentada nesta cadeira que me dá entrada directa para os locais e experiências mais incríveis onde conheço, entrevisto e bebo café com as ditas Hollywood Stars. É uma “viagem” profissional absolutamente extraordinária e não há “mas”. Bom, talvez uma governanta para me tratar de tudo o que fica para “amanhã”… infelizmente não há governanta que compense o tempo que não passo com a família e com os amigos mas… para não me perder mais na conversa e para voltar ao propósito do post, estes são alguns dos SPA’s no mundo para onde gostava de ir (com os meus mais que tudo!) mas não em trabalho. Fazer todas as massagens, comer as melhores refeições, dormir numa cama divina e… não postar um instagram ou escrever uma linha sobre nada.

Estou a precisar de férias, é o que é. 😉

 

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

 

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Glamping: as 10 ‘tendas’ mais bonitas de Portugal

No universo das viagens há poucas coisas às quais torça o nariz. Mas acampar será certamente uma delas. Não me levem a mal, mas longe vão os tempos em uma tenda era sinónimo de férias de sonho. E sim as minhas costas também já não perdoam. Claro que o caso mudou (ligeiramente) de figura quando, há alguns anos, ouvi pela primeira vez a palavra glamping, a junção entre campismo, glamour … e a minha cara.

Estas tendas são o mais perto que vão estar de um hotel de luxo com um ‘quintal’ que será difícil qualquer estrela superar. E são também os desejos tornados realidade dos amantes de outdoor que não querem acordar mordidos por melgas. Aqui também não há sacos cama ou luz a entrar pela tenda adentro às sete da manhã. Há carregadores para os telemóveis, há casas de banho privadas com tomada para o secador de cabelo e também pode haver jacuzzi, que ninguém leva a mal. Por fora mantêm o ar de tenda tipi (característica dos índios), yurt (tradcional da Mongólia), safari, iglo ou outras variações, qualquer uma fica lindamente numa fotografia para o Instagram. #nofilter

Aqui nesta galeria reúni alguns dos locais mais bonitos para ‘montar a tenda’ em Portugal. Se se quiserem aventurar no glamping mundial podem espreitar algumas das melhores hipóteses aqui.

Alguém por aí já se aventurou no glamping? Algum conselho para glampistas de primeiro check in?

 

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Essenciais de Beleza a bordo: Elle Macpherson

Elle Macpherson

Elle Macpherson

No mês passado tive a oportunidade de entrevistar a super-top Elle Macpherson (sigam-na no instagram) para a edição de Fevereiro da VOGUE, que está agora nas bancas, esta aqui que não devem perder pois tem 2 capas lindas e está super recheada de bons conteúdos: além das resoluções de Ano Novo da Elle, temos uma entrevista a Lily Rose-Depp, Peter Lindbergh e, na secção de Beleza, um especial sobre as novas abordagens ao envelhecimento com entrevistas a um cirurgião, uma dermatologista e um especialista em medicina anti-aging. Encontram também um GUIA para quem tem caracóis e não sabe como doméstica-los e todas as novidades mais hot, hot, hot da Beleza.

Claro que, não podia perder a oportunidade de fazer mais algumas perguntas à Elle para o Beauty Airlines, sobre a sua rotina em viagem e ela, não só respondeu como se alongou e foi generosa nas respostas.

Já sabem também que podem usar a hashtag #BeautyAirlines no instagram para partilhar comigo os vossos truques, produtos e segredos de Beleza em viagem (ou não) e, se tiverem perguntas específicas para me fazer usem a #OhSusana e eu respondo 😉

  • Algum truque para sobreviver a longos voos? O que leva sempre consigo a bordo?
    ELLE:
    A primeira coisa que faço quando entro no avião é tomar uma dose dupla do meu The Super Elixir Alkalising Greens (e faço isto pós voo, também). Beber muita água, é tão simples e eficaz! Bebo 3 litros de água todos os dias, quer esteja num voo ou não. Mantem-me hidratada. A desidratação, especialmente quando estou em viagem, afeta o meu humor e os meus níveis de energia. Se estou a caminho de casa, seja a partir da Europa ou da Austrália, mal me vejo a bordo preparo os meus greens com água gelada ou água de coco. Isto ajuda a evitar o jet lag porque dá ao meu corpo todos os nutrientes que precisa e garante que tenho um boost extra de hidratação.
    Também gosto muito dos Organic Energy Bites, que são vendidos pelo The Ranch at Live Oak. São pequenos pedaços de chocolate vegan recheados de super foods que satisfazem o meu lado mais doce e o meu apetite.
  • Que rituais de beleza tem a bordo, a nível de tratamentos ou maquilhagem?
    Uso muito pouco maquilhagem a bordo, mas tenho sempre o meu gloss da Bobbi Brown para dar um toque de cor aos lábios. No que toca a cuidados de pele, aplico o Dr. Sebagh’s Rose Oil e um novo produto do mesmo, o Supreme Day Cream, que ajuda a proteger a pele contra mudanças de temperatura e a luz emitida pelo ecrã do computador ou de outros dispositivos. Gosto de sair do avião fresca – óculos de sol postos, pronta para tudo.
  • Como se prepara para voos longos?
    Para além do meu Alkalising Greens e água, também tomo o The Super Elixir Nourishing Protein, ambos da WelleCo, antes de sair do aeroporto e quando aterro. Substitui qualquer refeição, mas de forma muito saudável, porque é à base de verdes e reequilibra o meu metabolismo, e ajuda-me a resistir às comidas processadas que existem no aeroporto. Quando viajo de noite, tenho sempre comigo o meu novo Sleep Welle Fortified Calming Tea. Ajuda-me a relaxar e acalmar antes de dormir.
  • Antes de ir de férias ou viajar, e sabendo que vai estar longe de casa e dos seus produtos e rotinas de beleza habituais, quais são os produtos que leva consigo?
    O Sleep Welle Calming Mist (frasco de 60ml). Vaporizo à minha volta e do meu lugar enquanto viajo, para ter um pequeno pedaço de casa. É um aroma fresco, com óleos essenciais orgânicos como a lavanda, que me ajudam a dormir melhor. Também tenho o Lucus’ Pawpaw Oitment sempre comigo (tubo de 15g). É um produto fantástico e muito versátil que uso como bálsamo labial, óleo para as cutículas e um hidratante para tudo.
  • Qual é a sua distracção ou entretenimento favorito a bordo?
    Levo o iPad sempre cheio de livros e filmes. O tempo de viagem é óptimo para pôr em dia livros e filmes que tenho andado a guardar para ler e ver. Também tenho sempre um bloco de notas e uma caneta comigo para apontar ideias que tenha – para mim, ajuda escrever no papel em vez de ter as ideias a flutuar no pensamento durante um voo longo. Tornam-se palpáveis assim que as escrevo. Acredito que escrever com papel e caneta (ao invés de no computador ou no telemóvel), ajuda imenso, as ideias continuam a fluir e é uma forma mais criativa de apontar todos os meus pensamentos.
  • Pratica algum desporto ou faz algum exercício quando está a viajar?
    Assim que aterro, seja qual for o destino, tento sempre caminhar um pouco. O ar fresco ajuda com o jet lag e é um modo perfeito de fazer exercício enquanto me começo a ambientar ao que está à minha volta. Descobre-se muito mais quando se anda a pé! À noite, faço uma posição de yoga fantástica, que me ajuda a preparar para o sono. Deito-me de barriga para cima, pernas encostadas à parede a os braços esticados para os lados. Costumo fazer isto durante cinco minutos, com o foco posto na respiração, antes de desligar as luzes.
  • Toma algum suplemento ou vitaminas enquanto está em viagem? Se sim, quais são e porquê?
    Onde quer que vá, levo sempre travel sizes do The Super Elixir Nourishing Protein, uma proteína em pó recheada de vitaminas minerais e probióticos numa só dose. Quando ando de um lado para o outro, misturo essa proteína num smoothie com leite de amêndoa e uma banana. É uma fonte de proteína muito pura que substitui a refeição ou que funciona como um snack saudável.
  • Como se mantem em forma com tantas horas de voo, e mudanças de rotina e hábitos alimentares?
    Como sei que diferentes fusos horários e comida de hotel me deixam pior, costumo substituir uma refeição com um shake de proteína uma vez por dia, para tentar manter o meu equilíbrio interno. Assim, se sair para jantar, por exemplo, sei que já fiz algo para tratar de mim e do meu corpo. Gosto de comer o mais clean possível, ajuda-me a manter bons níveis de energia e a ajustar a diferentes fusos horários… e beber muita água. Água, água, água!
  • Qual é a sua mala de eleição para viajar?
    A flight bag da Elsa Shaperelli. Adoro essa mala! É perfeita como mala de cabine, tem espaço para tudo o que preciso, e é chic e divertida!
  • Como trata do seu cabelo quando viaja? Arranja-o antes de viajar ou quando chega ao destino? Usa algum produto que ajude a prevenir o cabelo de ficar seco ou mais danificado quando está a bordo?
    Normalmente tenho o meu cabelo lavado e seco antes de entrar no avião. Adoro os produtos Oribe; champô, condicionador e champô seco. Costumo apanhar o meu cabelo enquanto estou em viagem – ajuda a garantir que o cabelo não perde corpo, e fica longe da minha cara para que consiga ir aplicando hidratante durante o voo.

Aqui estão produtos preferidos de viagem de Elle Macpherson:

NOTA: Os suplementos da marca fundada por Elle Macpherson, a WelleCo,  estão disponíveis em exclusivo em Portugal no Espace Cannelle, no Estoril.

Essenciais de bordo de outras super-girls!

More on
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

For english click below

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Companheiros de viagem: Beauty favorites on a press trip

companheiros de viagem easyjet

Companheiros de viagem na press-trip da Easy Jet a Luton

Lembram-se da viagem que fiz recentemente a Londres com a Easy Jet? Fui conhecer a Amy Johnson – Female Pilot Initiative, uma iniciativa para que a percentagem de mulheres aos comandos de um avião da Easy Jet aumente até 20% em 2020. A história completa está AQUI.

Como é habitual, levo comigo o meu arsenal de produtos de Beleza. Alguns que já não dispenso, outros para testar em altitude. Desta vez, os companheiros de viagem que embarcaram foram estes:

  • Blush Galifornia, Benefit – o novo blush é uma ida à praia dentro de um compacto (giro que se farta e com um cheirinho delicioso). A cor, salmão/laranja, é perfeita para quebrar o “cinza” que se instala no rosto no inverno.
  • Bálsamo labial e creme para pele seca, Apoteket– é um favorito com tantos ou mais anos do que eu. Este ano, na viagem que fiz à Suécia de férias, voltei a abastecer-me do meu bálsamo labial favorito. Agora já há com várias “cores” e intensidades.
  • Sérum concentrado Hydrabio, Bioderma – Sou fã Bioderma (aquelas águas micelares…) mas, no que respeita à hidratação, as medidas têm de ser intensivas. Este sérum concentrado é perfeito para combater a secura da cabine do avião e… das temperaturas fresquinhas que encontrei em Londres.
  • Creme em gel matificante com SPF 50+ para pele sensível, ISDIN – Fiz recentemente um tratamento com laser na dermatologista (Dra Isabel Correia Fonseca) e tenho de ser religiosa com o protector solar. Mesmo a caminho de Inglaterra onde não se espera um vislumbre de sol.
  • Creme de mãos concentrado, Neutrogena – Um dos all time favorites, gosto de o alternar com outros. Já não o levava a fazer umas milhas de avião há uns tempos. É tão bom… Adoro a textura, bastante untuosa. Cuidado ao abrir a embalagem a meio do voo, para não sair tudo!
  • Base em stick efeito segunda pele Ultra HD, Make Up Forever – recém-descoberta, não conto larga-la tão cedo. A cor que me chegou é perfeita para o meu tom actual. A cobertura é considerável mas, ultimamente, gosto de boa cobertura nas bases (a verdade é que estão cada vez melhores, as fórmulas). Esta resiste e é confortável, não seca. Para não dizer que, mais prático, não há. Reparem no pormenor da tampinha transparente, vê-se a cor lá dentro! Perfeito para quando temos duas ou três de tons diferentes e não perder tempo (e como eu ADORO não perder tempo!)
  • Coco Mademoiselle, touche de parfum, Chanel – não é o meu perfume Chanel preferido mas ganha o prémio da embalagem mais travel-friendly-chique. Tem um aplicador-espátula e o perfume é em textura “gel” que se aplica nos pulsos ou pescoço. Além de que faz uma vistaça com os vizinhos do lado.
  • Kit de rosto para contouring New Dimension Shape + Sculpt, Estée Lauder – já quase deu a volta ao mundo e não o consigo largar. Só queria que lançassem de uma vez por todas a colecção The Edit, da Lauder. Mas isso não tem nada a ver sequer com este produto, que é de outra linha só que me faz lembrar a The Edit. É prático, portátil, eficaz e está lá no “momento” em que uma beauty-addict precisa: cobertura, luminosidade e contouring.

Et voilá, são estes os meus companheiros de viagem do momento.

Partilhem  comigo os vossos produtos travel-friends ou os vosso truques de Beleza (ou não só). Façam tag ao #BeautyAirlines ou #BAtravelhacks ou #BAflyingbeauties no vosso instagram! Adorava conhecer os vossos segredos de viagem 😉

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

For english click below

 

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Travel hacks: como fazer a mala de forma fácil

Fazer a mala

Fazer a mala pode tornar-se um pesadelo… Fotografia: Will Davidson para a Vogue Austrália Março 2016.

Fazer a mala pode ser um motivo de alegria, um pesadelo e, para mim, uma arte aperfeiçoada há mais de 20 anos. Ser editora de Beleza obriga-me a passar grande parte dos dias em viagem e, juro, já faço malas de olhos fechados. Para as inexperientes na matéria, nunca se esqueçam de começar com três perguntas: para onde vou, quanto tempo vou e porque vou. Assim evitam levar e trazer metade da mala intacta…

Em relação ao recheio, sou muito prática e opto sempre por peças mais básicas e confortáveis. Depois vou compondo os looks com alguns acessórios extra. E em último caso, garanto-vos, um batom resolve tudo!

Mas mais importante do que o conteúdo é, neste caso, a forma como o arrumamos.

Aqui vão algumas das minhas regras de ouro na altura de fazer a mala:

  • Coloco as coisas mais pesadas e que se amarrotam menos por baixo.
  • A bolsa fixa (onde guardo os carregadores, chave de casa, etc.) e os sapatos ponho por cima. Se ficam na base ocupam demasiado espaço.
  • Selo a mala com um lenço ou uma pashmina e aperto as tiras de fixação por cima desta. Assim, não amachuca muito a roupa e  as coisas não andam a dançar durante a viagem.
  • Coisas frágeis ou fáceis de perder, como jóias, vão embrulhadas em meias ou dentro de sapatos. Nunca se sabe…
  • Deixo um espacinho na mala para trazer eventuais compras e levo sempre um saco mole dentro da mala para trazer compras (im)prováveis (cof, cof, cof).
  • Levo sempre sempre fato de banho e roupa de ginástica! Há hotéis onde o ginásio é tão cool que até dá vontade de treinar…
  • Além da mala principal, levo também uma mala de mão com um kit de higiene e beleza. Mas só isso é matéria para outro post. 😉

Chegada ao destino:
Se a roupa chegar amarrotada, penduro-a num cabide e deixo na casa de banho enquanto tomo banho. Como acabada de sair da lavandaria!

Follow more on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

For english click below

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Férias de Natal 2016: os destinos das celebridades

 

Enquanto nos dividimos entre comer ou não o último Ferrero Rocher da caixa, as celebridades escolhem o seu destino de férias de Natal 2016. A vida simplesmente não é justa.

Quer seja no calor de uma praia californiana, ou no conforto do lar que, entretanto, passou a ser longíquo, as contas de Instagram de qualquer uma destas VIP estão inundada de fotografias que nos fazem amaldiçoar – só um bocadinho, vá – o Natal. É vê-las nos aeroportos (e tirar notas), é em destinos onde não se ouve falar de mantas, é num jantar de Natal que reúne alguma da crème de la crème da Moda (tipo Alessandra Ambrosio, Emily Ratajkowski, Hailey Baldwin e Elsa Hosk…). Duvidam? É só dar uma vista de olhos na galeria.

E vocês, contem-me tudo: passam a consoada por cá ou também têm as férias de Natal 2016 de viagem marcada?

Follow more on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

For english click below

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Natal 2016 >12 presentes de sonho para a viajante

 

As surpresas dos calendários do avento do Natal 2016 começam a escassar, e isso é sinal de que o Pai Natal já deve estar a atestar o trono e as renas para se pôr a caminho das nossas chaminés. Mas sabe quem é que também já está a planear a sua próxima viagem? Isso mesmo: aquela sua amiga que não sabe estar quieta e que vive com a cabeça ‘no ar’. Aquela que dá a volta ao pescoço só para ver um avião a passar, que se sente em casa num aeroporto e que um dos seus maiores prazeres na vida é ver o passaporte carimbado (esperem, esta sou eu!). E o que podem oferecer a esta querida amiga que não seja uma viagem? Resmas de coisas (ou  alguma destas 12).

De viajante para amigo de viajante, não têm como ficar mal. 😉

Mais sobre o Natal 2016:

  • Os looks de festa que é só fazer copy paste.
  • Os acessórios de cabelo que rivalizam com a decoração das árvores de Natal.
  • Os presentes perfeitos para as beauty addicts (ainda vão a tempo!)

 

Follow more on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

For english click below

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Mulheres a jacto: mais mulheres aos comandos até 2020

Na semana passada realizei uma primeira e especial viagem de trabalho: a primeira viagem exclusivamente Beauty Airlines dedicada às mulheres na… aviação. Pelos vistos, a minha paixão pelos “ares” já me “denunciou” perante olhares atentos fora da cosmética e a easyJet quis que eu fosse a (única!) jornalista portuguesa convidada a assistir no hangar do quartel-general da empresa, em Luton, a uma cerimónia muito especial: a do desvendar do novo nome de um aparelho da empresa e também o relançar da Amy Johnson – Female Pilot Initiative, iniciada há pouco  mais de 1 ano.

Em Outubro de 2015, a companhia aérea low-cost lançou a iniciativa Amy Johnson (aviadora inglesa que voou sozinha de Inglaterra à Austrália em 1930) que tinha como objectivo duplicar a admissão de mulheres piloto para 12% no espaço de 2 anos mas alcançou a meta em muito menos tempo. O sucesso da iniciativa fez a CEO Carolyn McCall traçar um novo objectivo: o de alcançar 20 % de cadetes admitidas na formação a pilotos até ao ano 2020.

McCall, na conferência de imprensa que antecedeu a revelação do Airbus 320 com o nome de Amy Johnson, referiu um dado que me deixou muito surpreendida: actualmente apenas 3% do do número total de pilotos em companhias de aviação comerciais são mulheres, e apenas 450 alcançaram o posto de comandante – o que quer dizer que todas estas mulheres podiam caber num dos meus aviões favoritos, o A380. É muito, muito pouco e algo está seguramente mal nesta equação.

Como uma mulher se torna aviadora?

A verdade é que, se pensarmos, para quem não tem família ou amigos na aviação, as iniciativas ou oportunidades de ter informação ou contacto com a profissão são muito limitadas – e ainda estereotipadas. Dentro dos aviões estamos mais habituados a ser “servidos” por mulheres do que “voados” por elas mas, felizmente, a pioneira e inspiradora CEO Carolyn McCall pretende que isso deixe até de ser assunto de conversa quando reparamos que é uma mulher que está ao comando, seja de um avião ou até da companhia: “você jamais perguntaria a um CEO masculino de uma empresa como ele concilia a vida profissional e familiar”, diz sem hesitar a uma jornalista de um outro país que lhe faz a pergunta tão habitual.

Realmente, não basta “montar” um cenário com um avião, juntar jornalistas de toda a Europa, preparar acções de divulgação em escolas e anúncios sobre a adesão ao programa de candidatura a serem divulgados nas redes sociais. É preciso dizê-lo com todas as letras e a McCall, tal como à mulher de César, não lhe basta ser séria (nas intenções), tem de parecer e agir como tal e é isso que ela faz.

Como funciona a iniciativa Amy Johnson?

Além de um programa de cadetes bem implementado e abrangente, em parceria com programas importantes de treino e formação de pilotos, a easyJet tem um sistema de “financiamento” de algumas das suas candidatas que não conseguem suportar o custo elevado de formação de pilotos e em que, ao fim do tempo de treino e de um determinado período já em trabalho efectivo, elas consigam pagar o “empréstimo” à companhia.

A pergunta mais feita sobre uma low-cost é…

E que eu – e muitas pessoas fazermos – é sobre a qualidade dos programas de formação e treino destas companhias. Esta(s) companhias aéreas, e a easyJet em particular, asseguram que todos os cadetes, incluindo as novas mulheres piloto da easyJet, são formadas ao mais alto nível e de acordo com os padrões de exigência das companhias aéreas de chancela.

Despedi-me de Luton – com uma visita obrigatória ao cockpit do airbus, claro! – mas com a certeza que terão o objectivo cumprido muito antes de 2020.
Se a minha vida fosse outra, era até rapariga para pensar numa mudança de carreira… Ah sim, porque a easyJet é a única (ou das poucas, ainda vou tirar a limpo) que não tem limite de idade na admissão do seu pessoal de cabine. Não é genial? Na próxima vez que entrarem num avião, espreitem bem para dentro do cockpit, pode ser que tenham uma surpresa… 😉

p.s. – se dúvidas tiverem sobre o meu fascínio aeronáutico, espreitem estes posts, aqui, aqui e aqui, entre outros…

 

EasyJet Female Pilot Initiative

 

 

 

 

Follow more on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.