Analytics
Beauty Airlines Menu

Permalink:

Frequent Traveller: Estée Lalonde

Estée Lalonde is on (well deserved) vacations. We managed to share her Beauty rituals and secrets, on the go. Follow along!

PT: A Estée Lalonde está a passar (numas bem merecidas) férias. Conseguimos pedir-lhe os seus rituais e segredos de Beleza em viagem. (em português, mais abaixo :))

What are your Beauty tricks to survive long flights? What do you always carry with you? 

I very rarely step onto a plane with a full face of makeup on because I find it very drying and uncomfortable. Whenever I’m travelling I’ll usually only pack the essential beauty products into my hand luggage; a skin essence for a boost of hydration whilst I’m in the air (Omorovicza Queen of Hungary Mist), my favourite lip balm (By Terry Baume De Rose Lip Balm), a hand cream (Clarins) and a face moisturiser (whichever one I have a tiny sample of!) and a sheet mask (Charlotte Tilbury Dry Sheet Mask). As for snacks, it’s become a tradition for me to grab a ginger shot right before I jump on the plane, alongside a big bottle of water and enough nibbles to get me through the duration of the flight. Headphones and a good book are also a must!

What beauty rituals do you follow on a plane, treatments and makeup wise?

I don’t wear makeup on a flight so I don’t really have any beauty rituals. Something I do like to do however is apply one of my favourite Charlotte Tilbury ‘Instant Magic Facial’ Dry Sheet Masks. The reason I like to use a dry sheet mask is because there’s no mess and it’s so easy to apply. I tend to leave this mask on for around 15 – 30 minutes which leaves my skin feeling super hydrated and smooth. It also helps to brighten my skin so I’ll step off the plane looking a lot more awake than I actually feel. Bonus!

How do you prepare for long flights? 

I’m so bad when it comes to preparing for long haul flights! Even though I try really hard to change my ways, I always find myself frantically throwing things into my suitcase the night before a flight. I tend to focus on packing my hand luggage before packing my suitcase; for me it’s most important to make sure that I have all my essentials with me in the cabin. I don’t know what I’d do if I forgot my book or my headphones! In general I’ve been learning to pack a bit lighter because I usually end up taking things that I don’t use.

When you are going to be a long time away from home and your beauty products and routines, which products do you always take with you?   

Skincare is something that’s really important to me so if I have space in my suitcase to fit all of my favourite products then you can bet I’ll be bringing the whole squad. Cleansing my face in the evenings is something that I take great pleasure in doing and it actually helps to relax me after a long day of travelling. I suffer with dry skin so hydrating masks are something that I never travel without, especially if I’ve just stepped off of a long haul flight. My ultimate favourite mask is the Fresh Rose Face Mask which actually has real rose petals in the formula and smells absolutely heavenly. This mask gives my skin the boost of moisture that it craves while I’m travelling and the scent helps to calm my senses. I love this stuff!

What’s your favorite distraction or entertainment on board?  

I love to read so I usually have my nose stuck in a book for the duration of the journey. I don’t think I could make it through a flight without a good book to read, it helps me to relax, shut out my surroundings and keep me occupied. If I’m not reading then I’m probably asleep! I can fall asleep pretty much anywhere which is a trait of mine that comes in really handy while I’m up in the air!

Do you do practice any sports or do some sort of exercise when you’re travelling?

Lately I’ve been working really hard on sticking to a strict workout schedule when I’m at home, but sticking to a regimen whilst travelling is something that I struggle with. Travelling can be exhausting so I tend to listen to my body and let it rest whenever it needs some time out. That being said when I’m away on a work trip I like to try out different workout classes if I have some time to spare. When I was in Germany in the winter I took part in an epic spin class at the Adidas HQ and had the most amazing session! It’s cool to workout in a new environment and soak up the change in atmosphere, it makes working out feel like less of a chore and keeps things interesting.

Do you take any supplements or vitamins when travelling? 

I’m so bad at remembering to take vitamins and supplements and I know that it’s something I should start doing since I always tend to get sick after a long haul flight! My Mom swears by taking Vitamin C every day and says that it helps to keep any germs at bay so maybe I should take a leaf out of her book.

How do you stay in shape with so many hours of flying, changing routines and eating habits?

In all honestly, I’m never going to be the kind of person who sticks to a strict workout routine when I’m travelling! If I’m away on a work trip I’ll try my best to make healthy food choices, but if I’m on vacation I like to let loose and treat myself to whatever my body is craving. Whenever I’m at home I try to make sure that I’m working out regularly and eating well, so no matter how many ice creams I’ve eaten at the beach, I know that I’ll always make the effort to concentrate on a healthy lifestyle when I get back from my trip.

What’s your bag of choice when flying?

I recently got a gorgeous matching set of Away luggage and I’m in love! The cases move so easily and I can fit tons of stuff in there, not to mention that the sandy colour is absolutely gorgeous. In terms of a handbag I don’t really have a go-to but I do love my dusty blue Chloé backpack, there’s so much space and I love being able to sling it over my shoulders. As long as I can fit my book in my handbag I’m happy.

How do you take care of your hair when travelling? 

I don’t really have any specific travelling hair care tips, but for the past few months I’ve been taking the time to brush my hair with a Mason Pearson brush every evening before I go to bed. My hairdresser Larry King told me that brushing my hair in this way will help to distribute the oils to the ends of my tresses, thus making it healthier, stronger and more hydrated. Since doing so, I’ve really started to notice a positive difference to the condition of my hair.

Other essentials – hair ties or clips, perfume, Babyliss, cuticle oil, blanket, gadgets

I can’t step onto a plane without a few hair ties in my handbag, a top knot is my go-to travelling hairstyle because it’s just so comfortable! I like to bring an eye mask with me to block the awful artificial lights in the cabin and help me get to sleep. My neck pillow is also something that stays with me at all times whenever I’m travelling, it helps to keep my back straight and my neck supported. I couldn’t doze off without it.I usually prepare some podcasts to listen to as well as a backup iPhone charger!

Tell me about your latest projects, goals for this year? 

At the moment I’m actually recording my very own Podcast which is something that I’ve wanted to do for such a long time! I was super nervous to get started but I’m so pleased with how its coming along and all the hard work that myself and my team have put into this project is really starting to pay off. I can’t wait until the first episode is out there in the real world. This year I’ve also partnered with Lancôme which I’m super happy about, we have so many exciting projects coming up over the next few months so keep your eyes peeled for those. At the beginning of 2017 I also made it my mission to stop over-working. I’m one of those people who can’t switch my work brain off until my head hits the pillow so I’ve been trying to stop reading through my emails once 7pm rolls around. I’m slowly starting to learn the importance of taking time to switch off and enjoy the moment and that’s actually making me more creative in my work life.

 

Bloom, o livro de Estée

Bloom, o livro de Estée

Português, embaixo: 

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Gymspiration: o que vestir para o ginásio

 

Se costuma ter uma lista de desculpas para faltar ao ginásio, que fique claro que o outfit não será uma delas. Se mais do que a força de vontade, lhe falta também a inspiração para os looks de gym, fiz um pouco de homework para ajudar.
Reuni as celebridades mais fit que acumulam uma forma física invejável com um estilo impecável. Há para todas as idades, gostos e modalidades, desde os looks de running até ao yoga. E também aquele muito apreciado mix entre acabei-de-sair-do-ginásio-mas-vou-ali-ao-supermercado. Se até Victoria Beckham troca os seus inseparáveis saltos por uns ténis, quem somos nós para fugir ao WOD?

Quanto a mim, há algo que nunca pode faltar no meu visual de desporto: o conforto. Não há nada menos fit do que uns ténis que magoam a correr ou umas leggings que apertam na cintura. Claro que roupa de treino nova dá uma dose extra de vontade de treinar… Mas ir ao ginásio é mais uma questão de estar bonita por dentro do que por fora. 😉

E vocês, quais os vossos looks preferidos para deixar a preguiça de lado? Em breve mostro os meus favoritos beauty da mala de ginásio.

ps. para quem perguntou no Insta, o meu gym é o CHASE, fica no Lumiar, em Lisboa e é uma box de crossfit mas não só, é um espaço onde gostamos de “sofrer” para ficar em forma. Se moram por perto, não deixem de visitar.

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

La Mer Blue Heart | protect the Oceans and always do the right thing…

Hoje, dia 8 de Junho, Dia Mundial dos Oceanos* partilho convosco um momento muito especial:

Há umas semanas atrás, quando a La Mer me convidou para participar neste vídeo de sensibilização para a protecção dos Oceanos fiquei dividida entre a sensação eufórica e equivalente a ter sido nomeada para um Oscar (parece um exagero, eu sei mas a La Mer já era uma marca de culto, ainda as actuais não eram nascidas) e a enorme responsabilidade de cumprir dignamente a missão de “representar” Portugal no transmitir dos valores da Fundação da marca: o La Mer Blue Heart Oceans Fund.
O briefing era muito claro: não se tratava de um vídeo ou uma acção para divulgar um novo creme ou a marca mas sim de criar um momento pessoal para inspirar as pessoas a, com pequenos gestos, cuidarem melhor do ambiente, do Mar e das zonas marinhas.

Mal imaginava eu o quão ainda mais emocionante e inspirador se iria tornar, para mim, este projecto que, para os mais atentos, já fui deixando “espreitar” no meu Instagram, nas stories, com alguns sneak-peaks de making-of…

Making Of

O plano era simples: juntar-me a alguns elementos da equipa La Mer Portugal numa acção de recolha de lixo na praia. Esta iniciativa é realizada todos os anos, pelo staff local de cada país onde a marca está representada. Este momento ia ser captado num vídeo, filmado na praia do Guincho em que eu, fazendo de editora de Beleza e atriz secundária – sim porque o Mar é que é o principal protagonista – iria caminhar pela areia fora enquanto falava da importância de cuidarmos do ambiente e dos Oceanos. Mas claro, o Guincho tinha outros planos para nós…
Como toda a gente sabe, ninguém manda no feitiozinho ventoso desta praia e, na véspera, quando ensaiei ir na minha scooter ao local escolhido, quase levantei voo. Alertámos a produção: o Guincho não era boa ideia até porque, além da Piaggio pelos ares e os cabelos na cara, a equipa de vídeo ia levar um drone e, as probabilidades deste ser levado pelo vento, para filmar praias em Marrocos era elevada…

A praia das Avencas

O produtor do vídeo informou que iríamos antes para a praia das Avencas, na Parede (vejam no link uma informação muito interessante sobre esta praia linda). Quando soube do novo local até me arrepiei e se já tudo me parecia uma acção fantástica, então agora ainda ficava mais “completo”. Quando nasci, vivia no centro da Parede e… adivinhem qual era a “minha” praia, aquela onde molhei os pés pela primeira vez, onde engoli os primeiros pirolitos, cacei peixinhos com um camaroeiro e fazia “sopas” de limos e algas em baldes? Yep, nas Avencas.
Passear ali, na praia vazia (eram 06h da manhã de um Domingo), com a maré baixa, fechar os olhos, recordar o cheiro e os sons tão familiares, tornou as filmagens muito mais “naturais”, espontâneas e verídicas. Até as estrelas-do-mar resolveram aparecer… Foi uma manhã perfeita e que me voltou a “sintonizar” com aquele mar e aquela paisagem tão “minha”. No vídeo refiro que, todos os dias, em diferentes situações, me pergunto sobre “qual é a coisa certa a fazer” e é mesmo assim que procuro levar a minha vida e que tento educar a minha filha: fazendo sempre o que está “certo”, ainda que em pequenos gestos, como apanhar um papel ou uma garrafa perdida do chão.

Espero que se sintam tão inspirados, tanto quanto eu, com este pequeno filme. <3

VIDEO
Produzido por: Pedro Batista
Realizado por: Shaun Michael.

Beauty Airlines La Mer Blue Heart

 

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Frequent traveller: Sam McKnight

Hair by Sam McKnight Gigi Hadid

I would have to lie and not admit right away that I’ve always had this “thing” with Sam McKnight. No, it’s not a dirty secret, it’s not a forbidden love of sorts but rather a mix of great admiration for someone who has had such a big role in contemporary Fashion and Beauty. But it’s not only that.

Growing up collecting Vogue UK‘s since the mid 80’s (eons before I dreamed working at a Vogue edition!), I soon noticed one name frequently in the teams credits and, with time, realized that many of the images that have became iconic, in editorials, portraits and advertising had his unique touch, view magic and… sense of humor. The latter is actually the “thing” I’ve always felt when looking at his work or actually watching him work backstage and, in the last few years, closely following him in his uniquely styled social media feeds (he followed back! yeay!). He was one of the first fashion Guru’s to Tweet regularly but it was when Instagram came along that (I believe) he found the best ground to post his views, his talent, the flowers from his garden and then those wigs, Sam, those wigs.

No day is a good day without my daily dose of Samstagram.

 

The new Hair By Sam McKnight line has (finally) arrived!

Well Sam does a lot more that we see on his feed and even on his published work. He managed to keep a well kept secret about this hair product line he was developing for some time. (You did give me a hint on our last phone interview, Sam, but I kept your secret safe, ha!). On last Fashion Week, in Milan and Paris, he unveiled his “Hair By Sam McKnight product line” (one I cannot wait to get my hands and hair on but Sam has promised he’d send me a few – and I’ll stalk you till you do, Sam! 😀 )
For now, they can only be bought at Liberty‘s but we’re crossing our fingers that we can buy them online soon enough.

Os produtos da linha Hair By Sam McKnight

Os produtos da linha Hair By Sam McKnight

 

Frequent Traveller Secrets

You can read the interview with Sam about the new hair line in the current VOGUE Portugal Issue, May cover, out now, where he spoke about his work and inspiration for his line but… I didn’t leave it at that, I just had to bring a bit of Sam-goodness to the executive lounge of the Beauty Airlines blog and share with you his well-traveled secrets and tips of the trade for those who spend more time in the (h)air than on the ground.
Enjoy it!

Tell us your travel secrets?
I always take a book and have a great playlist on the go. Plus I bring my own teabags.

How do you organize/pack your grooming essentials?
I always pack clear toiletries bags in different sizes to separate and organise. My Kit Co. does a great range.

What grooming products do you always carry with you?
Foreo Luna 2 for Men, Aesop Facial Oil, Elemis Mens.

Other packing secrets or inflight preparations for work or vacation?
I use TUMI travel cases, personally and for my kit. They are strong and durable, I have had many of them for years. A Diptyqie candle always bring me a sense of home

Do you spa? Favorite address in London or in the world for the best kept secret of pampering.
I dont really go to Spa’s, I find it more relaxing being in my garden or I go and visit the rose garden in Regents Park – it is one of my favourite open spaces in London. It’s still relatively hidden. I do love to get out into the country and Sissinghurst Castle Gardens are one of my favourite escapes.

Keeping hair healthy during a summer vacation?
I would suggest protecting hair with an spf and if you have very fragile hair wear a hat or scarf. It its good to hydrate hair at night with treatments.

What do you reccomend to your friend models or that you do yourself.
Viviscal for thinning hair, Silk pillowcase, Tangle Teaser Compact.

We know it’s all about individuality but…. your favorite look of the SS17 shows was…?
Chanel.

Favorite beach
Ibiza in the summer – it’s a magical place.

Favourite hotel in London.
I love Claridges. The old English charm, it’s iconic and still, for me, the best hotel.

Favorite app?
Instagram.

 

See Sam’s Favorites in the gallery below.

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

 

Português, embaixo:

Continue reading…

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Essenciais de Beleza que eu levava para uma ilha deserta

Beauty Airlines Essentials os meus essenciais

Estão a ver aquela história dos produtos que levava para a ilha deserta e tal? Pois bem, sempre que me perguntam isso, sinto-me encurralada. É que a minha ilha deserta – ou a minha jangada – tinha de ser muito, muito grande (e estar cheiinha daquelas divisórias em acrílico da Muji). É que, chers beautyairliners que me acompanham neste voo, eu uso muitos e gosto de (demasiados) produtos para ter só aqueles 3 favoritinhos da vida.

Aliás, não sei se repararam (ai, ai) que, recentemente, no site da VOGUE.pt, às sextas-feiras há o “Favoritos da Editora de Beleza“, uma rubrica fixa que é, nem mais nem menos, que a escolha dos meus 5 produtos preferidos. Da semana. Daquela semana. Todas as semanas há mais cinco e é só porque só me deram espaço para cinco, caso contrário seriam os meus 50 preferidos. Uma dor de cabeça escolher só cinco, é o que vos digo #notcomplaining.

Posto isto, não quer dizer que, numa emergência, tipo “a casa de banho está a arder”, não houvesse uns mais favoritos do que outros que eu salvasse, por várias razões, a primeira das quais é: porque quem manda aqui sou eu. São eles:

Os MULTIFUNÇÕES que não dispenso
Porque para todas as mulheres multi-tasking, os produtos multi-usos que nos salvam a vida – e a pele – em diferentes situações, ganham logo o cartão dourado para a gala final.

  • Exemplo perfeito: o Bio-Oil que uso no corpo, no cabelo, nas mãos e até no rosto (sim, leram bem, no rosto). A marca diz que ele é para cicatrizes, manchas, estrias, pele envelhecida e desidratada, mas eu atrevo-me a acrescentar mais uns atributos: aplico-o como um sérum, antes de outros produtos; como um produto de conforto; como um óleo de nutrição; como um S.O.S; e até como “tranquilizante” (é um dos meus eleitos de mesa-de-cabeceira e adoro esfregar o óleo entre as mãos e inalar o aroma várias vezes, tem um cheirinho mesmo bom, que me conforta antes de dormir). Como dá para tudo (ele é aquele produto que ganharia o meu prémio do cosmético “Canja de Galinha” para a pele e para a alma), levo-o invariavelmente de viagem e de férias (porque, claro, dá para a minha filha e para o pai da filha).
    Bio Oil, € 11,99, em farmácias e parafamácias.
  • O meu CC Cream favorito é o CC Crème HD da Erborian (na imagem ainda é a fórmula “antiga” que, confesso, ainda prefiro à actual). Além do efeito “blur” de “alta-definição” e aperfeiçoador da pele, ele dá um tom natural (não é uma base mas quase faz a vez de uma), uniformiza e dá uma luminosidade incrível. Tem Centelha Asiática e, na verão antiga, diz SPF 45; mas a actual fórmula, apesar do índice mais baixo, tem a mesma protecção (as “leis” cosméticas “obrigaram” a baixar o número mas não a protecção real). É um dos meus essenciais de fim-de-semana e que tenho sempre à mão.
    CC Crème HD, enriquecido com Centella Asiatica, € 38,58, Erborian, na Sephora. 
  • Maquilhagem: eu já era fã-zassa do Baby Doll Kiss&Blush de Yves Saint Laurent mas, vai daí, eles ainda resolveram fazer melhor com esta versão que tem dois tons. Ora, assim, num só produto (prático, giro e com um cheirinho fruity), tenho dois tons de bâtom e dois tons de blush. Bingo, acho que não é preciso explicar mais por que este vai directo para a ilha deserta.
    Baby Doll Kiss & Blush Duo Stick, € 32,48, Yves Saint Laurent. 
  • Beauty Blender. É o ovo de Colombo das esponjas de maquilhagem. Aquela sobre a qual toda a gente da indústria pensou: “mas por que raio não pensei eu nisso?”. Pois eles pensaram e nós – as mulheres – adoramos. Se estão a perguntar por que razão está aqui entre os multi-funções, eu explico o que a maior parte das pessoas não sabe. A Beauty Blender pode ser usada para aplicar: base, blush (em creme ou pó), pó compacto e solto, corrector/anti-olheiras (com a pontinha), para esbater o contouring… e eu ainda vos vou contar mais um segredo (isto porque me dou ao luxo de ter várias BBlenders): uso uma delas para aplicar estrategicamente o autobronzeador de rosto nas zonas que quero realçar. Ah, pois é! 😉 Não se esqueçam: leram isto aqui primeiro.
    Beautyblender Bubble, cor-de-rosa 2017, € 17,55, Beautyblender, na Sephora. 

Os que ADORO dentro e fora da ilha deserta 
Estes essenciais de Beleza podem não ser 100% multifunções, mas confio neles de olhos abertos e fechados – pela qualidade, aspecto prático, ingredientes e tamanho.

  • Água Micelar Sensibio H2O, da Bioderma. Primeira vantagem: há em 3 tamanhos e começa logo neste petit 100 ml, imbatível para os saquinhos transparentes dos aeroportos. As águas micelares são a minha forma preferida de desmaquilhar. Este Sensibio é uma das versões da Bioderma de que mais gosto, porque tenho tendência a ter a pele sensível, sobretudo no inverno/primavera.
    Água Micelar Sensibio H2O, para pele sensível e intolerante, € 15,01, Bioderma.
  • Ready, Set, Brow! da Benefit. Toda a gente sabe que as sobrancelhas são my thing. Posso até sair despenteada de casa, mas ninguém me apanha na rua sem ter aplicado fixador de sobrancelhas. Confio toda a farfalhice das minhas brows à Benefit, que tem uma das melhores linhas de produtos para tudo o que se queira fazer das mais indomáveis sobrancelhas (apostaram tanto na linha que levaram editoras de Beleza de todo o Mundo a Las Vegas para a conhecer, me included). Este é um gel invisível (que cheira super bem) e que é dos poucos que não fica desconfortavelmente seco nem cria aquela “caspinha” horrenda.
    Gel invisível para modelar, alinhar e fixar as sobrancelhas Ready, Set, Brow!, € 28,55, Benefit. 
  • Descobri a RMS beauty na SkinLife em Lisboa e fiquei fã. Há um corrector maravilhoso desta linha (totalmente orgânica), mas este Living Luminizer, de que a Kristina Bazan me falou quando fotografou para a Vogue, acabou por se transformar no meu favorito produto de luminosidade instantânea, para aquela selfie-glow imbatível.
    Iluminador Living Luminizer, € 39, RMS Beauty, na Skinlife.
  • Há imensos pós compactos de efeito solarengo e de muito boa qualidade (Olá Terracotta!). Mas este Healthy Glow Multi-Color da linha Les Beiges, da Chanel é um dos meus xuxus. Pela textura finíssima (é mesmo das mais delicadas texturas em compacto que vão encontrar) e pelo efeito de “camadas” que se pode ir construindo, até ao healthy look perfeito. Sim, também sou influenciada pela embalagem beige cool com os double C’s.
    Pó para iluminar ou bronzear a pele Les Beiges Poudre Belle Mine Naturelle SPF 15, € 50, Chanel.

 

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

 

Permalink:

Save The Date: Curso de Jornalismo de Beleza

Curso de Jornalismo de beleza

Curso de Jornalismo de Beleza na Pulp Fashion

Acho que importa começar por confessar que eu (sim, moi même), não fiz nenhum curso de Editora de Beleza quando, há uns (bons) anitos atrás me foi apresentado o convite para esse cargo na revista Activa (algures em mil novecentos e noventa-e- não-interessa-nada).

Não fosse ter tido uma mentora extraordinaire (minha querida São Pissarra) que me transmitiu os mais preciosos ensinamentos (isso e ter sido tão bem acolhida pelas editoras de Beleza mais experientes na altura) e eu teria ficado petrificada perante tanto creme, batom e perfume quando me tocou a escrever diariamente sobre eles. Ah e o meu primeiro artigo de Beleza foi… sobre desodorizantes (obrigada querido Chefe de Redacção Luís Rosa-Mendes, pelo tema super-sexy e apetitoso, mesmo bom para começar…).

O que eu teria dado para ir a correr fazer um curso de emergência de Editora de Beleza? Tudo! Valeram-me muitas horas a ler a Allure, as Vogues, Glamours e Cosmopolitans que eu já coleccionava e alguns livros indispensáveis como o livro de Beleza da The Body Shop (que ainda tenho) e outros compêndios sobre cosméticos que as marcas me enviaram.

Sim, minhas fofas (e fofos) é que não havia internet quando me iniciei pelo reino das revistas, da Moda e da Beleza. Nem email. Nem telemóveis. Havia telefone fixo, fax e já era um pau. Não me perguntem como mas as coisas aconteciam todas na mesma e as revistas e as suas páginas de Beleza, lá saiam na sua data certa. Considero-me uma (grandessissiisiiisiiisima) sortuda por ainda ter trabalhado dois ou três anos nesse tipo de eco-sistema.

Bom, desde então até agora, a história é demasiado grande (mas suculenta!) e fica para outros capítulos. O que interessa agora é o convite simpático que a ainda mais simpática Susana Marques Pinto, da escola Pulp Fashion, me faz para dar um curso de Jornalismo de Beleza.

Ainda levei uns bons meses, quase um ano, a montar a coisa (dentro da minha cabeça) de forma a que fizesse sentido mas, finalmente, as peças estão encaixadas e… o Curso vai mesmo começar. E tenho a dizer-vos: vai ser muito informativo, prático e divertido.
Contem também com a minha conhecida obsessão pelos detalhes e pela falta de paciência quando não lhes damos a (devida) atenção.
Vou esmiuçar cada vírgula, cada termo que vão usar para descrever uma cor de batom sem parecer que o estão a vender na perfumaria, e também vou encontrar – e ensinar – a escrever um texto enooooooorme sobre cabelos sem repetir a palavra… cabelos… 50 vezes.
É possível, garanto-vos.

Já sabem onde se podem inscrever? É AQUI.

See you there, beauties!

PS: o meu percurso profissional completo, para as/os obcecados com os detalhes: aqui. 😉

PS2: coisas giras de que vou falar e mostrar mais, no curso, como:

E muito, muito mais! 🙂

 

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

 

 

  • •••
  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

I wish… Gita, a mala que anda sozinha

 

Olá, chamo-me Gita e sou uma mala que anda sozinha. Isto era o que diria este pequeno robot azul se pudesse apresentar-se. Calma, eu passo a explicar. Mais conhecido pelas motos Vespa, o grupo Piaggio apresentou recentemente os primeiros produtos fruto do seu centro americano para o desenvolvimento da mobilidade inteligente, o Piaggio Fast Forward. A Gita é um deles.

De aspecto simples, entre as suas habilidades ela consegue carregar cerca de 18 kg e segue-nos até aos 35 km/h. Ou seja, podemos ir até de bicicleta que ela anda ao mesmo ritmo. Ah, e se a deixarmos sozinha também não se perde! Resumidamente, tudo aquilo que me daria jeito nas dezenas de viagens (e quilos de bagagem) que acumulo por ano.

Piaggio, quando houver preço e data de lançamento avisem! Quero tirar senha 😉

 

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Instagram: os melhores filtros do momento

Quais os ingredientes indispensáveis a uma boa fotografia de Instagram? Quer seja uma paisagem bonita, uma selfie ou um prato de comida, há algo que não pode faltar: um ou mais filtros. Mas não se deixem levar demasiado – já há algum tempo que o excesso de filtros, isto é a falta de autenticidade nas fotografias, deixou de ser cool. Alterar em demasia cores ou utilizar o Facetune como se fosse uma Beautyblender é um big no-no na demanda por um feed de Instagram coerente e agradável (e se se estão a interrogar porque é que o nosso portfólio numa rede social é importante, não sei onde têm estado nos últimos anos 🙂 ).

>> Claro que o conteúdo é sempre o mais importante, mas aqui falamos da forma. E sejamos honestos: esse sumo verde pode conter os melhores superalimentos do planeta, mas sem uma boa fotografia a acompanhar, haverá mesmo alguém que pare no meio do feed para querer saber?

Sem mais demoras, os melhores filtros para usar no Instagram (do momento) são:

  • Arco-íris:  Não é bem um filtro, mas sim um efeito testado e aprovado por algumas das maiores experts do Insta. Para criar esse efeito (ver foto na galeria) basta colocar um CD contra a luz ou usar um espelho dentro de água e focar onde quisermos.
  • Snapchat: Por muito que criem Insta ou Facestories (já repararam que o messenger do Facebook também já tem essa funcionalidade?) os filtros do Snapchat fazem-me não conseguir apagar a app. A mim e à maioria das Instagirls que lá vão testar os filtros. O do cão é, inevitavelmente, o seu preferido.
  • Kim Kardashian: Kim esteve afastada das redes sociais algum tempo e o que fez quando regressou? Uma extreme makeover no seu feed de Instagram. Incluindo um filtro com efeito ‘grão’ que os especialistas dizem já estar a desenvolver. Aguardemos.
  • #Nomakeup: A moda é cíclica e este hashtag também. Volta não volta aparece mais uma celebridade a mostrar como é ao natural. Eu adoro!
  • Mayfair e Valencia: Estes são dois dos filtros preferidos das influencers no Insta que tem, desde sempre, um impressionante portfolio de ilusaões para as mais ‘preguiçosas’. O Valencia, era o meu favorito e o que mais usava até há uns dois anos atrás mas depois aderi ao Snapseed, uma app de tratamento de fotos que continuo a usar. Faço o meu próprio filtro, ajustes vários de luminosidade, contraste, etc e publico o resultado. Em geral, abuso de “brightness” e “ambience”. 

E vocês, quais os vossos filtros e apps de fotos, preferidos? Quero saber todos os truques!

More on:
Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Cabelos Trend alert: Shag (sim, está de volta!)

Era uma vez o corte de cabelo Bob que cresceu, ganhou alguns centímetros e mudou o nome para Lob. O Lob, apesar de prático e giro, sentia-se sem personalidade, apenas visto como a versão menos posh do penteado que o criou. Vai dai, encheu-se de camadas, franja e movimento e puff… nasceu o Shag. A verdade é que mesmo esta história sendo imaginária (e uma pura demonstração da versatilidade do crescimento do cabelo entre penteados), o karma não dorme: este Verão o reinado do Bob foi está ameaçado pelo Shag. 

Se o nome não lhe diz nada pense em Mick Jagger. Em anos 70. Em Rachel da série Friends (mais penteadinho, sim). Pense na fase sensual de Taylor Swift ou naquele corte cool que Alexa Chung usou por uns tempos. Pense em rock’n’roll e em sprays texturizantes.

O Shag funciona com todos os tipos de cabelos e texturas, diferindo em comprimento, camadas e comprimento e estilo da franja (mais ou menos aberta conforme o formato do rosto). Sim, o Shag tem muito de ‘podia ter sido você a cortá-lo em casa’, mas também tem uma dose de ‘acordei assim’ e ‘sou sexy’ que nos fazem ponderar umas quantas tesouradas.

Uma dica para que tudo corra bem entre si e o Shag?

Deixe as camadas compridas o suficiente para as conseguir colocar atrás das orelhas.
E, como no resto: divirta-se! 

Mais inspirações de cortes, cores e penteados:

 

Instagram // snapchat // youtube // bloglovin

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.