Analytics
Beauty Airlines Menu

Viewing all items for tag Chanel

Permalink:

Beauty trip: LIS-PARIS com Hermès

IMG_4435.JPGA primeira viagem do ano começou em alta. Altíssima, aliás! Os perfumes são um dos meus temas preferidos e, ao longo dos tempos, tenho vindo a conhecer de perto os bastidores da criação dos aromas mais emblemáticos de sempre, a entrevistar os “nez” (“narizes” ou perfumistas) das principais casas.

Jean Claude Ellena é um desses perfumistas, um dos poucos – menos de uma mão-cheia, pelas minhas contas – que é o nez residente da Casa para onde trabalha, neste caso, a Hermès, para quem tem sido – até agora – o responsável pelo desenvolvimento e criação de novas fragrâncias.
Convém explicar que, para a maioria das marcas, o processo é completamente diferente: quando há a intenção de lançar um perfume no mercado, contactam uma empresa de perfumes (Givaudan, Quest, etc) e “encomendam” um perfume que pode ser feito por um (qualquer) dos perfumistas que lá trabalha (e que, muitas vezes, cria perfumes para várias marcas).

Ora, no reino do supra-sumo do luxo, não é bem assim. Algumas marcas têm o seu perfumista residente, o seu nez exclusivo que apenas trabalha para marca. É o caso de Hermès, com Ellena, de Chanel com Jacques Polge (e agora o seu filho, Olivier Polge), de Guerlain com Thierry Wasser e pouco mais.

Jean Claude Ellena foi o perfumista residente de Hermès nos últimos 11 anos, criou Un Jardin sur le Nil, Un Jardin en Mediterranée, Le jardin de Monsieur Li, Jour, Terre d’Hermès, Voyage, entre outros, sem esquecer a coleção Hermessence, de venda exclusiva nas boutiques da marca. Antes de trabalhar, em exclusivo para Hermès, Ellena criou um dos meus perfumes preferidos, de sempre, o Eau Parfumée au Thé Vert, de Bulgari e o Déclaration, de Cartier, entre dúzias de outros.

Neste evento em Paris, o motivo do convite era a apresentação de duas novas colónias mas também a passagem de testemunho de Ellena a Christine Nagel, perfumista que assume assim a direcção criativa das novas fragrâncias da marca. Gostava muito de vos contar mais, muito mais, mas tudo o resto e a entrevista fantástica que fiz aos dois perfumistas vai surgir, em breve, nas páginas da VOGUE.

Ficam também aqui as imagens do evento, um jantar único (quem me acompanha no snapchat @SusanaVoguePT viu quase tudo em directo) onde uma fantástica encenação com figurantes, acompanhava os vários pratos que revelavam, em dois momentos, as duas colónias maravilhosas que foram apresentadas.

IMG_4448_Fotor_Collage

Durante o jantar com o RP da marca, José Agualuza e Carolina Silva, editora de Beleza da Máxima.

* Eau de Neroli Dorée, criada por Jean Claude Ellena e Eau de Rhubarbe Écarlate, criada por Christine Nagel, estarão à venda a partir de Março. Na imagem, os dois frascos autografados pelos perfumistas! # happy!

IMG_4482.JPG

 

Permalink:

É sexta-festa! E é 2016! Yeah!

Susana

E como recordar é viver, hoje recordo alguns dos melhores momentos do Beauty Airlines (e meus, claro) de 2015! Obrigada por terem passado mais um ano connosco 🙂

> Comecei o ano com uma notícia perfumada que me fez dar pulos de alegria e fechei-o em chave de ouro… digital.

> Contei os meus segredos de beleza ao mundo, descobri o de três das mais bonitas e talentosas mulheres portuguesas e ainda o das formas das modelos da Victoria’s Secret.

> Aprendi uma deliciosa receita nova, e depois ficou tudo ainda mais deliciously.

> Apanhei choques elétricos por vontade própria e pus as mãos na massa em nome da profissão.

> Fui até Madrid com a Chanel, a Paris e, sinceramente, depois disto iria até ao fim do mundo.

> Fui mãe outra vez. 😉

> Conheci, entrevistei, estive ao lado e voltei a cruzar-me com… a Julia Roberts, Penélope Cruz, Kate Winslet, Lupita Nyong’o, Lilly Collins, Alma Jodorowsky e Daria Werbowi, a Jane Fonda, a Natasha Poly, a Vic Ceridono, a Camila Coutinho, e muitas outras pessoas extraordinárias!

> E, mesmo que 2015 já tenha sido uma caminhada das longas por si só, ainda decidi acrescentar mais uns quantos quilómetros (sempre ouvi dizer que a felicidade é um caminho, não um destino, certo?)

BOM 2016 A TODOS!!!!
Obrigada aos meus passageiros frequentes que já me acompanhavam aqui e nas páginas da VOGUE Portugal e aos que passaram a viajar comigo e a tornar esta aventura ainda mais especial.

Espero ver-vos sempre a bordo do BEAUTY AIRLINES. <3

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

[VIDEO lindo] Gisele para Chanel

Sempre por esta altura, antes do Natal, a Chanel reinventa a comunicação do Nº5.
Às vezes, nem aparece o perfume, às vezes sim… O que importa são as emoções.

Este ano, dois filmes lindos com a sempre linda Gisele, onde ela fala da relação com a Natureza e com os perfumes.
Super bonitos. <3


  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Trend-alert: sombra azul

Se foge da sombra azul como Victoria Beckham de uns sapatos rasos, talvez a proxima estação quente a faça mudar de ideias. Sinónimo das divas da disco dos ANOS 80, a sombra azul recebeu finalmente o merecido makeover. Fresca e moderna mas também misteriosa e com potencial sexy, os maquilhadores abraçaram a cor com o mesmo entusiasmo de Picasso no seu período azul e o resultado são obras de arte à prova do século XXI.

Em eyeliner, efeito smokey eye ou esbatida só no canto da pálpebra (para quem quer começar com baby steps), a ideia é arrumar de vez os tons neutros e enfadonhos e adicionar um toque de cor à sua vida. Para além disso, quando um tom aterra na passerelle da CHANEL passa a ser lei usá-lo (palavra de editora de Beleza).

Já manda a tradição: algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul. E mesmo para quem não está a caminho do altar, um pouco de sorte nunca fez mal a ninguém (nem tão pouco uma sombra azul). 😉

  • Marta Ferreira

    Cresci nos anos 90, e lembro-me de querer usar a sombra azul que via nos videoclips da música por desde os tempos da escola primária. Na época o tom que mais se usava era muito semelhante ao que a Chanel usou agora, mas a minha mãe nunca acho grande piada a deixar-me maquilhar… Entretanto os anos foram passando, e os meus gostos foram-se desviando para os tons mais monocromáticos. Mas quando me apercebi que esta cor tinha voltado à maquilhagem de olhos senti o mesmo desejo de a usar que tinha naquela altura. A diferença é que agora, com 23 anos, posso mesmo 🙂

    http://apelequehabitoblog.blogspot.pt

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

É sexta-festa (13)! Yeah!

glitter

E antes que a superstição se cumpra, vejam o que me animou esta semana:

Raízes de cabelo com glitter são a nova ‘cena’ da Beleza. Ver para crer (e adorar, que um pouco de brilho nunca fez mal a ninguém!) – Vogue.pt

> Maria Borges “fez história” na passerelle da Victoria’s Secret por ter desfilado com o seu cabelo natural. Quem o disse foi a CNN, mas subscrevo a 100%! You go girl!@iammariaborges

> Maquilhagem para o dia e para a noite pelas mãos do make-up artist da Marc Jacobs. Tudo explicadinho e em vídeo, onde? No site da Vogue Portugal, claro! – Vogue.pt

> “It’s a traffic jam when you tried to use Waze / A no-smoking sign when you brought your vape.” Soa-lhe familiar? Alanis Morissette fez um update da música Ironic à medida de 2015 e é igualmente catchyYoutube.com

> Lembra-se daqueles casacos farfalhudos que as nossas mães nos obrigavam a usar na infância (vulgo kispos)? Ah pois é, a Moda dá muitas voltas… – Who What Wear 

> A primeiro loja permanente de Beleza da C-H-A-N-E-L abriu em Paris <3 A que horas é o próximo avião? – Vogue Brasil

 

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Press trip: LIS-PARIS com Chanel.


Voltei há dois dias de Paris, nem duas semanas depois de lá ter estado em mini férias na Disney com uma presstrip de Valentino pelo meio. Desta vez, fui a convite da Chanel, para conhecer as novidades da linha Sublimage, que celebra 10 anos.
Paris é a cidade que mais visito em trabalho, talvez umas 8 ou 10 vezes por ano mas nunca me canso dela e sinto o mesmo entusiasmo hoje em dia que sentia há 10 ou 20 anos atrás (no próximo ano celebro 24 anos de revistas… o tempo voa…).

There’s something about Paris, uma espécie de feitiço que faz as ruas, as pessoas, o céu e as árvores parecerem sempre únicas, mais bonitas. Os parisienses podem não ser as pessoas mais simpáticas do mundo (não são mesmo) mas, se calhar é esse contraste que dá personalidade à cidade. Se fossem todos encantadores tornar-se-ia uma espécie de parque de diversões, uma Parislândia enjoativa. Parece inacreditável mas a verdade é que passeio mais em Paris do que em Lisboa. Para começar moro fora da cidade e, numa normal semana de trabalho, não tenho tempo para deambular pelas ruas (lindas de Lisboa). Nas viagens de trabalho, ficamos sempre em hotéis centrais e há normalmente uma ou duas horas livres, entre compromissos, para dar uma volta. Não é para me armar aos cucos mas a “minha” Zara é a da rua Foubourg St Honoré, o “meu” café, é a Ladurée, a “minha” livraria é a Galignani (e a WHSmith) e o “meu” spot preferido para almoçar ou tomar um chá, é no hotel Costes.

Hoje em dia, toda a gente comenta: “ah…, foste a Paris”, “vi as tuas fotos de Madrid”, “estás sempre a viajar“… Sim, é verdade mas, esse lado da minha vida e do meu trabalho só começou a ficar visível depois do boom do facebook e demais redes sociais… Eu sorrio em silêncio pois, normalmente quem faz esse tipo de comentário nasceu ali pelos anos 90, altura em que comecei a trabalhar e estas viagens passaram a fazer parte da minha rotina. Dou imenso valor às experiências que o meu trabalho me tem proporcionado, a todas as pessoas extraordinárias com quem tenho trabalhado, conhecido, entrevistado, os locais, os eventos, etc. É mesmo uma sorte fazer o que faço mas, não se esqueçam, como em tudo, há o outro lado, o lado B, como lhe chamo: ficar a trabalhar até tarde e longe da família para poder estar 2 dias fora do escritório, chegar a casa tarde e ter de estar fresca e atenta no próximo evento na manhã seguinte, ler e dar vazão, pensamento e resposta aos 100 emails atrasados…. Não acompanhar os trabalhos de casa da minha filha ou perder aquele momento especial como a queda de um dente logo no dia que estou a viajar, ouvi-la a acordar de um pesadelo e chamar pelo pai porque a mãe costuma estar fora…
Dá-se a volta, claro e não me estou a queixar! É um privilégio ser passageira frequente desta linha aérea da moda, beleza e de sonhos. O Beauty Airlines nasceu para poder partilhar esses momentos convosco!


Escrevo no avião neste momento, a voltar para Lisboa. O evento Chanel, como sempre, foi cheio de detalhes elegantes e revelou as três novas texturas do La Creme da linha Sublimage. Em breve vou escrever sobre esta gama, nas minhas páginas de Beleza, que usa um ingrediente muito especial, cultivado em Madagáscar.
Fiquem atentas às próximas edições da VOGUE mas, no entretanto, podem acompanhar os bastidores destes eventos e viagens, no meu instagram e também no Snapchat (@susanavoguept). Quanto a este último, que ando a explorar mais nos últimos tempos, gostava de saber o que mais gostavam que eu vos mostrasse por lá (reviews de produtos, bastidores de eventos…?), deixem aqui o vosso comentário.

Por fim, deixo-vos com a seleção de produtos Chanel que trouxe nesta viagem e que são alguns dos meus favoritos da marca.

Beauty Kisses!

 

Hydra Beauty Essence Mist – uma bruma hidratante e apaziguante, perfeito para andar na mala e refrescar o rosto quando se começa a sentir “repuxar”.

UV Essentiel, Soin Quotidien Multi Protection UV Anti-Pollution SPF 50 – um protector citadino de textura ultra-fina. Pessoalmente, gosto de o aplicar depois do creme de rosto, com o pincel da base para ficar completamente bem espalhado e imperceptível. Aplico a base por cima.

CC Cream Correction Complete SPF 50 – o meu CC preferidos dos últimos tempos (lado a lado com o Erborian mas este com mais cobertura). A junção perfeita de cobertura e SPF.

No19 Poudré – uma delícia requintada, delicada e elegante, este perfume clássico da Chanel, numa reinterpretação poudrée. E o que eu adoro os poudrées…

Blush nr 20, Les Beiges – este tom em particular, um “bronzeado” solar e o formato em stick permite fazer o contorno do rosto à la Kardashian, sem a mínima falha. Adoro!

Harmonies Poudres Belle Minne SPF 15, no tom Marinière no 20, Les Beiges – perfeito para retoques, este tom nem muito escuro, nem muito claro. Textura fina e transparente que permite ir adicionando camadas, sem pesar.

Rouge Allure Gloss, no tom 18 Seduction – super prática e very chic, a embalagem. A finalização luminosa, sem colar os lábios.

Baume à Lévres no10, les Beiges – não é o meu bálsamo preferido só porque tem um tom levemente alaranjado e demasiado claro. Mas é super hidratante e confortável.

Illusion d’Ombre, no tom 96, Utopia – adoro estas sombras, tenho umas quantas e não me canso delas. São luminosas mas não marcam as pálpebras (mesmo para quem tem mais de 40, como eu!), espalham-se muito bem e são verdadeiramente foolproof.

Permalink:

Conversas de casa de banho ;)

Um inspiração do Homify.pt

Uma inspiração do Homify.pt

 

Não era preciso estatísticas para saber que as mulheres, regra geral, passam o dobro do tempo que os homens dentro da casa de banho (o tempo médio de um homem nem chega a 1 minuto #choque, e btw há uns anos li também um estudo sobre o número de pessoas que abrem as gavetas de casas alheias que me deixou estupefacta) – e é bastante fácil perceber o porquê. Estejam descansadas que não vou revelar os nossos segredos de beleza todos (ninguém precisa saber ao certo o nível das nossas olheiras matinais ou como temos pestanas XXL), mas é óbvio que, para nós, a casa de banho é mais do que um sítio para fazer o que estão a pensar. Para mim, é o meu pequeno mini spa. E também um laboratório de experiências dos milhares de produtos que testo diariamente em prol das minhas leitoras (cof, cof, cof). Estou com a Mathilde Thomas, a fundadora da Caudalie, quando lhe chama o seu “espaço de reflexão” (e que belo espaço de reflexão que a Mathilde tem).

Da decoração aos produtos (estes que vos mostro são alguns dos meus preferidos para ter fora das prateleiras), as casas de banho perfeitas devem reunir algumas características essenciais, como ter uma luminosidade geral agradável e alguns pontos mais iluminados, como os espelhos, e sistemas de arrumação práticos e fiáveis. Se a tudo isto estiver associada elegância, luxo e um pouco de humor (porque não?), tornam-se facilmente as minhas áreas preferidas da casa. Exemplos não faltam, como as para todos os gostos do Homify [perco-me neste site…] ou as de celebridades como Diane von Fürstenberg e Cindy Crawford.

E agora, já estão a olhar para a vossa toilette com outros olhos?

ps. embaixo, um punhado dos meus produtos favoritos de algumas linhas de corpo/banho.

 

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Chanel Airlines

12139631_1510874622567398_1733609486_n

Estou neste momento a oxigénio nas urgências da clínica Chanel (por acaso, até era uma óptima ideia para um próximo desfile. Karl?). A marca francesa transformou o Grand Palais num aeroporto para o seu desfile de primavera/verão 2016, com direito a balcões de check in, malas, controlo de bagagem…. e eu, que por acaso até estou em Paris (novo perfume Valentino, fiquem atentas ao insta e snapchat esta noite e amanhã) não pude embarcar neste “avião” que só faltava ter o meu nome escrito na fuselagem (hmmm, Beauty Airlines chegou primeiro, Karl! (sniffff)

O kaiser já nos habituou a cenários para lá de fantásticos e este é o meu preferido, claro (fora as peças e acessórios com detalhes de inspiração travel, geniais)! Chanel, que tal uma segunda chamada? Estou pronta para embarcar!

12080642_974535745938496_224900805_n

_A2X0052_452x678

 

12145265_1475089429463653_923669422_n Chanel-34 chanel-airlines-spring-summer-2016-ready-to-wear-decor- chanel-airlines-spring-summer-2016-ready-to-wear-finale Chanel-ss16-fashion-3 Chanel-ss16-fashion-l

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

O Verão da Chanel

Aqui na Vogue já se trabalha e respiram as coleções de inverno, tanto de moda como de beleza mas, não consigo despedir-me da temporada sem partilhar as imagens de um dos presses mais bonitos que recebi nesta estação, o da coleção Mediterranée de Chanel. Deve ser porque estou quase a ir de férias, finalmente!!!

É lindo, pois é? CHANEL_DP_ETE_2015_vue_1 CHANEL_DP_ETE_2015_vue_2 CHANEL_DP_ETE_2015_vue_3 CHANEL_DP_ETE_2015_vue_4 CHANEL_DP_ETE_2015_NM_3 CHANEL_DP_ETE_2015_NM_4 CHANEL_DP_ETE_2015_NM_1

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

[VIDEO] O novo filme fofo de Chanel!

A nova edição de Chance, Eau Vive (criada por Olivier Polge, o “herdeiro” do nez Jacques Polge nas rédeas dos perfumes da maison) tem um novo – e muito fofo – filme (e gif), dirigido pelo sempre divertido . Check it out!

EAU-VIVE-GIF_HIGH

 

 

Siga-me no Instagram AQUI. 🙂

 

 

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.