Analytics
Beauty Airlines Menu

Viewing all items for tag Prada

Permalink:

Gold magic inspiration

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Ultimamente virei-me para o dourado. E para o cor-de-rosa bebé, como mostrei, aqui.
Vá-se lá perceber porquê, eu que sempre fui de prata, preto, vermelho… Nos acessórios era um tom/material com o qual não me identificava nada mas que agora faz parte dos meus looks regulares.
Até nos perfumes, o meu nariz deu uma volta e, nos últimos anos (terão sido os forty, maybe?), passei a gostar – e muito – de aromas com patine vintage. Desde o Nº5 de Chanel (de que sempre gostei mas agora ainda mais, estremeçam à vontade mas ele é uma obra de arte!), a aromas como estes três que vos vou apresentar agora.

∴ Tom Ford – Violet Blonde ∴ 
Foi o primeiro perfume da colecção Signature que Ford apresentou em 2011 e é, sem dúvida, o meu preferido dele, sem contar com Neroli Portofino, no lado oposto em género de perfumes que também adoro (até estremeço quando vejo o preço deste) . Violet Blonde é um perfume poudré (“empoado”) com notas de violeta e absoluto de iris da Toscania (adoro perfumes com íris). Mas, longe de ser um floral previsível, a composição é um mil-folhas de surpresas pois faz-me viajar através de notas de jasmim, mandarina, pimenta rosa e termina num envolvente cocoon de musk, camurça, vetiver e benzoin. Vende-se no balcão da marca, no El Corte Inglès.

∴ Nicolas de Barry – Sissi Imperatrice ∴
Já tinha ouvido falar desta marca mas foi só na loja da Lidija Kolovrat, no Príncipe Real (acho que ainda se vendem lá) que cheirei alguns dos seus perfumes. Imediatamente foi esta L’Eau de L’Imperatrice Sissi que me conquistou, um perfume já de 2003 onde curiosamente é a baunilha – ingrediente que não costumo adorar – o centro da composição. Além disso, entram violetas, bergamota e, lá está ela, íris. Adoro o frasco e o aroma, fazem-me lembrar viagens no Expresso do Oriente e senhoras “antigas”. Como eu, ahahahaha!

∴ Cartier – Gold Must ∴
É o mais recente desta escolha, foi lançado em 2015 e não há muito consenso em torno dele pois, os apreciadores do original Must acham-no uma versão “menor”. Eu cá adoro. É elegante e a combinação perfeita entre flores (folhas verdes, jasmim, osmantus) e especiarias (baunilha) sem ser demasiado envolvente.

∴ os acessórios ∴
Brincos Aztec II e colar Aztec Omnia // brincos  estrela e lua, vintage Chanel // anel serpente Cavalli // pulseira com flores Prada // relógio Zadig & Voltaire // pulseira Carolina Herrera

 

Permalink:

Trend-alert: party hair

O que é mais difícil de decidir do que escolher o presente de Natal certo para cada amigo/a ou membro da família? Certo, é O penteado certo para cada almoço, jantar e cafezinho de Natal que se multiplicam agora em Dezembro.
Assim, resolvi dar uma pequena ajuda. Curto ou longo, denso ou fino, inspire-se nalguns (ou em todos) os looks que selecionei e dê início às festividades.
PS: se encontrarem algum outro visual mesmo giro, mesmo giro, para esta época, façam-me um “tag” lá no Instagram, adoro saber!
  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.

Permalink:

Oh L’Eau…

Acabou de aterrar na minha secretária a nova versão de Candy da Prada, o Candy L’Eau, uma versão mais ligeira do aroma original, um sexy-floral-intenso que eu tinha alguma dificuldade em usar por ser um pouco “poderoso” demais. Esta Eau de toilette é, ainda assim, cheia de personalidade e tem um toque almiscarado que lhe mantém a sensualidade mas de forma mais elegante, sem a exuberância do primeiro. O press-kit inclui um livro fantástico, de 176 páginas com tudo sobre Candy, de A a Z. A pulseira é da colecção Rose Jewels, da marca.

20140403-172420.jpg

Candy, L’Eau, a partir de €51, 75, em exclusivo nas perfumarias Douglas.

 

  • Obrigado por deixar um comentário. Os códigos HTML permitidos são strong, code, e href.